Cláudia Gomes Inocêncio

Nasci em Lisboa em 1976 e, poucos anos depois, a margem sul do Tejo passou a ser a minha casa. Este ano regressei as raízes da minha família materna e o Porto acolhe-me.
Da infância recordo as longas viagens de Lisboa ao Douro, as brincadeiras com a família na aldeia, os mergulho no rio, o colher a fruta das árvores e de observar a sabedoria da minha avó. Lembro-me dos livros que devorava e as tardes que passava na natureza em silêncio, as aulas de ballet e a ginástica.

Licenciei-me em Marketing e nos primeiros anos de carreira trabalhei no sector das finanças e da banca. Decorria o primeiro ano de curso, quando o Yoga entrou no meu caminho, uma verdadeira descoberta sobre mim e sobre o meu corpo. Tornei-me vegetariana e dei asas a minha sensibilidade espiritual.

Tinha 20 anos quando participei no primeiro retiro espiritual e a meditação passou a fazer parte dos meus dias. As viagens vieram como consequência da busca do que tinha cá dentro. A mais marcante foi, talvez, a da Índia, onde permaneci 2 meses e fiz formação de professores de yoga.

Pela Europa fiz formação e retiros em diferentes áreas de desenvolvimento pessoal e que hoje me ajudam na minha prática pessoal e nas terapias que desenvolvo. O Reiki traz-me equilíbrio e a consciência do presente, as Taças Tibetanas vibram em mim, a Ayurveda ajuda-me na rotina diária saudável e na cura do meu corpo de uma forma integrada, enquanto que a Leitura da Luz Interior foi a transmutação profunda das minhas emoções.

Acredito na mudança que cada um de nós é capaz de fazer na sociedade a favor do bem comum, por isso, criei o Ser em Consciência para partilhar as transformações conscientes que podemos trazer para nossa vida.

Ter fé, confiar e acreditar é o caminho que podemos desenvolver em conjunto!